Pages

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Resoluções de Ano Novo

Oi Gente!!

Feliz Ano Novo! Um pouco atrasado, é verdade, mas de coração!!

Quando o ano começa, pensamos logo nas “resoluções de ano novo”, por isso, resolvi colocar aqui um texto muito interessante sobre o assunto. Quem de nós, nunca ficou frustrado ao perceber, no final do ano, que não realizamos nada do que havíamos planejado? Isso porque sempre planejamos aquilo que “precisamos fazer e não o que queremos fazer”. E realmente, se parar pra pensar, chegará a mesma conlusão do texto.

A idéia, é fazer listas com coisas divertidas, descontraídas e que faça você se sentir bem. Eis as dicas da matéria, retirada do site Bons Fluidos.

1.Fazer listas. Se não encontrar 365 itens, pode ter dez, 15. Coisas como: “Os 12 filmes antigos que quero ver” (um por mês – está fácil), “Sete boas razões para comer um cheesecake”. Relacionar é da natureza humana e, mesmo antes de aprender a escrever, a criança já faz uma lista verbal dos presentes que quer ganhar no Natal. Esse ato tem o poder de tornar nossos desejos mais palpáveis.
2. Rasgar uma lista. Primeiro, escreva; depois, picote. Aqui é preciso ser mais criativa: “As nove coisas que eu gostaria de dizer para a vizinha do lado”, “As sete piores burradas que já fiz”, “Os cinco maiores micos que paguei”... Rasgue-a e dê o assunto por encerrado.
3. Procure reconhecer, celebrar (e agradecer) todos os momentos felizes de seu dia.
4. Encontrar tempo para ler diariamente, nem que sejam apenas algumas páginas, antes de ir para a cama. Mas não valem livros ligados à vida profissional, o.k.?
5. Aprender com os próprios erros, de verdade.
6. E também com os erros dos outros. Não é muito didático, mas pode ser eficiente. Se sua amiga quebrou a cara comprando um carro da marca x, por que você vai tentar o mesmo?
7. Dormir o suficiente sempre. Uma pesquisa da Universidade Federal de São Paulo confirma que uma noite em claro reduz as defesas do organismo.
8. Se não der para cumprir o item sete, durma até mais tarde no domingo, sem culpa.
9. Comer castanhas antes de se deitar. Elas contêm triptofano, um indutor do sono.
10. Trocar os travesseiros, no máximo, a cada dois anos. Isso ajuda a reduzir as dores no pescoço.
11. Comprar um colchão novinho em folha, caso você esteja começando um relacionamento que promete ser duradouro.
12. Dormir juntinho é sempre uma delícia. Mesmo que seja só no começo da noite.
13. Esfregar os olhos ao acordar. Aumenta a circulação sanguínea na região e diminui as bolsas.
14. Ao levantar-se, fazer uma massagem na cabeça: colocar a palma da mão direita na testa, e a esquerda, no topo da cabeça. Pressionar.
15. Tirar o relógio de perto da cama para não ficar neurótica com o horário de acordar.
16. Não discutir o relacionamento entre os lençóis. Fazer isso em outro ambiente, mas sem exagerar, combinado? Acredite: excesso de palavras atrapalha.
17. Tomar banho de cachoeira e literalmente lavar a alma. Depois, largartear na pedra para secar o corpo ao sol até cansar.
18. Experimentar um esporte diferente. Que tal uma aula de golfe, equitação ou caratê?
19. Parar num café sem pressa e fazer uma pausa. Pode ser com uma amiga ou na companhia de um livro ou de uma revista.
20. Mergulhar e se encantar com peixinhos coloridos nadando para lá e para cá.
21. Passar um dia sem comer salada, fruta ou qualquer outra coisa saudável, mas sim o que der vontade.
22. Prestar atenção nos sonhos. Os que são recorrentes podem trazer dicas preciosas sobre o seu momento atual. Anote-os para não esquecer.
23. Não olhar seu rosto com uma lente de aumento. Se fizer isso, verá cada ruguinha nova. Vai adiantar? Não. Apenas deixará você deprimida. E, afinal, ninguém, além da moça da limpeza de pele tem essa obrigação.
24. Desconfiar do seu espelho. Ele decididamente não mostra tudo o que você tem de bom. Siga o exemplo do dramaturgo francês Edmond Rostand, que, ao notar que envelhecia, disse: “Os espelhos já não são mais os mesmos”.
25. Quando sentir que o resfriado vem chegando, coma amêndoas. Estudos recentes comprovaram que elas ajudam o organismo a lutar contra os vírus.
26. Fazer acupuntura para reduzir dores crônicas. As agulhas estimulam a liberação de opioides naturais, agentes poderosos para controlar a dor.
27. Desligar o celular por apenas algumas horas durante o dia. Dá uma sensação ótima imaginar que ninguém vai conseguir nos incomodar.
28. Sempre desligar o celular para dormir.
29. Cantar a música Epitáfio, dos Titãs, em voz bem alta, bem alta e repetir várias vezes a frase: “Devia ter me importado menos com problemas pequenos...”.
30. Depois repetir: “Ter feito o que eu queria fazer”.
31. Andar descalça sempre que puder. Pode ser na praia, em casa, no parque...
32. Quando não for possível, só usar sapatos confortáveis, que não apertem seus pés ou coloquem você nas alturas. Uma pesquisa da Universidade de Witwatersrand, em Johannesburgo, na África do Sul, demonstrou que nossos pés eram muito mais saudáveis 2 mil anos atrás, antes da invenção dos sapatos.
33. Se você chegar em casa com os pés e as pernas cansadas, nada como apelar para a sabedoria das receitas da vovó: ferva folhas de eucalipto em 1 litro de água. Quando estiver morna, coe, despeje o conteúdo numa bacia e mergulhe os pés.
34. Comprar sapatos novos, no melhor estilo das meninas do seriado Sex and the City.
35. Antes de dormir, passar um creme hidratante nos pés, massageá-los bem e colocar meias grossas. Esse truque é poderoso para deixá-los macios e evitar rachaduras nos calcanhares.
36. Sentar-se ou deitar-se por pelo menos 20 minutos com as pernas para cima, esticadas.
37. Aprender (e aceitar de coração) que nem sempre a roupa da moda fica bem em você.
38. Libertar-se das grifes e criar o próprio estilo.
39. Escolher o sutiã certo. Nada mais deselegante do que alça velha aparecendo debaixo da camiseta ou gordurinha escapando pelas laterais.
40. Provar qualquer roupa antes de levá-la para casa. Abaixo o consumo compulsivo!
41. Cafuné na cabeça na hora de dormir, numa tarde preguiçosa. Hummm, que delícia!
42. Trocar as roupas que comprar ou ganhar e não gostar.
43. Desencanar de combinar a cor do sapato com a da bolsa ou do cinto e as unhas dos pés (ou das mãos).
44. Sempre se olhar no espelho depois de vestir uma roupa. Se não estiver feliz, trocá-la. Nunca saia à rua sentindo-se malvestida.
45. Usar lenços, broches, colares – não tudo de uma vez.
46. Cada vez que comprar uma peça de vestuário nova, livrar-se de uma antiga. Isso abre espaço no guardaroupa e evita que você acumule o que não precisa.
47. Usar meia de dedinhos com havaianas. Em casa, são superconfortáveis.

Façam suas listas e aproveitem!

Super Beijo

5 comentários:

Fabi disse...

Gostei da dica 24. Quando eu achar mais cabelinhos brancos, já sei a quem culpar. O danado do espelho!

kkkk

Bjssssssssss

Fabi
http://bellanefertiti.blogspot.com

Rebeca disse...

Oi Belinha! Essas dicas são muito legais!
Beijos
http://artisticcreativenails.blogspot.com/

Kathy ♥ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Kathy ♥ disse...

Seu blog é lindo, as dicas são ótimas!
Se der, passe no meu blog e me siga!
Beijinhos

http://makesmaltes.blogspot.com/

Ana Lu disse...

Adorei a lista!
E a ideia de só ter resoluções que você quer, não que precisa!
Beijos e um ótimo 2011, Belinha!

Postar um comentário

Fale nisso você também